Gentoo Archives: gentoo-user-br

From: Raphael Bastos <tecnologia@×××××××××××××××××.br>
To: gentoo-user-br@l.g.o
Subject: Re: [gentoo-user-br] Problema ao atualizar GLIBC para versão 2.13-r4
Date: Thu, 08 Dec 2011 18:14:02
Message-Id: CAPQRN=Xtc=ZrDe3cRpySnqxYH0FSLVxo_RO4WhSy7=kFfMNimg@mail.gmail.com
In Reply to: Re: [gentoo-user-br] Problema ao atualizar GLIBC para versão 2.13-r4 by Daniel da Veiga
Em 8 de dezembro de 2011 14:17, Daniel da Veiga
<danieldaveiga@×××××.com>escreveu:

> 2011/12/8 Raphael Bastos <tecnologia@×××××××××××××××××.br> > >> Em 8 de dezembro de 2011 13:24, Thiago Nunes <thiagonunesrs@×××××.com>escreveu: >> >> Em 7 de dezembro de 2011 21:01, Raphael Bastos >>> <tecnologia@×××××××××××××××××.br> escreveu: >>> >>> > Se fosse desnecessário, na geração do stage3 via catalyst a ordem de >>> > compilação poderia ser invertida.... >>> > >>> >>>> Emerging (128 of 140) sys-libs/glibc-2.13-r4 >>> >>>> Installing (128 of 140) sys-libs/glibc-2.13-r4 >>> >>>> Emerging (129 of 140) sys-devel/gcc-4.5.3-r1 >>> >>>> Installing (129 of 140) sys-devel/gcc-4.5.3-r1 >>> >>> Raphael, >>> >>> Desde que eu tenho instalado o meu gentoo, que é desde Julho de 2005, >>> eu só passei por uma situação em que foi indispensável e recompilação >>> de todo o sistema por causa de um upgrade, que foi do gcc 3 para o 4. >>> Até a atualização do 3.3 para o 3.4 tinha como fazer sem recompilar >>> todo sistema, apesar de recompilação ser o recomendado. Desde que eu >>> estou com a 4.1 (atualizei do 3.4 para o 4.1) eu venho atualizando o >>> sistema apenas seguindos os procedimentos padrões, emerge world, >>> revdep-rebuild, emerge --depclean. É claro que atualizações do gcc e >>> do glibc costumam mais inconsistências que o comum para o >>> revdep-rebuild arrumar, mas ainda bem lonje do impacto de um emerge -e >>> world. >>> >>> Quanto ao exemplo do catalyst, se eu entendi o que queres dizer, é que >>> se tem que compilar a glibc antes do gcc é porque o gcc depende do >>> glibc, o que é verdade. Então se precisamos recompilar o sistema >>> quando atualizamos o gcc, quando atualizamos a glibc precisamos >>> recompilar o gcc e, consequentemente, o sistema inteiro. É isso que tu >>> queres dizer? Se é isso então tu queres dizer que sempre que >>> atualizamos um pacotes precisamos recompilar todas as dependências >>> dele? >>> >>> Bom, em qualquer caso eu recomendo a esclarecedora leitura dessa parte >>> do "Gentoo GCC Upgrade Guide": >>> http://www.gentoo.org/doc/en/gcc-upgrading.xml#explanation >>> >>> []s >>> >>> -- >>> thiago >>> >>> >> >> Thiago, >> >> O que quis dizer é que a glibc em todas as situações em que for >> atualizada é recomendado recompilação de tudo q dependa dela, diretamente >> ou não. Ao gerar o stage1, temos a glibc pre-compilada, proporcionando >> compilação perfeita do GCC. Dessa forma geramos os stages 1,2,3 e 4 sem >> necessidade de se recompilar a glibc antes do GCC. >> O que quis dizer é que sim, é recomendável atualizar o gcc e tudo q >> dependa da glibc a cada vez q ela é recompilada, da mesma forma q é >> necessário recompilar os drivers (input e video por ex) do servidor gráfico >> após recompilação do xorg-server, dispensando a compilação do kde e outros >> por ex. >> >> Resumindo, atualizou a glibc? recompile tudo q dependa dela... atualizou >> o xorg-server? recompile todos os drivers q dependem dele... e por aí vai. >> Recompilar TUDO (emerge -e world) eu não acho tão trivial assim... mas o >> emerge -e system acho fundamental quando se atualiza "coisas de peso". rs >> > > Não faço isso, a recompilação ao meu ver é desnecessária se o próprio > sistema não aconselha ela (no caso do xorg, temos a mensagem para > recompilar os módulos depois dele, além de um alias com os drivers). Não > lembro da última vez que fiz um emerge -e (system ou world), tudo que faço > é um depclean seguido de um revdep-rebuild mesmo após atualizações grandes > (as vezes fico meses sem sync). > > Se o sistema estivesse BEM ralado, poderia pensar em recompilar tudo, caso > contrário acho um desperdício. Eventualmente tudo vai acabar recompilando e > relinkando (com o rollout constante). > > Posso estar enganado, mas venho fazendo assim nos últimos 5 anos, e só > recompilei tudo quando troquei de hardware e transferi o sistema. > -- > Daniel da Veiga >
Daniel, Taí uma coisa que eu nunca tinha pensado... realmente faz sentido. Testarei. Abraços, Raphael Bastos